“Caro Mestre Eugênio Koprowski, Sabemos da grande valia, da “excelência” do Agachamento Livre e também do Leg Press, seja em um programa visando hipertrofia, ou em relação a todas as valências e benefícios proporcionados pela musculação. Qual o ponto forte do Agachamento-Hack e do Agachamento-Smitt?” – Dirceu

 

Resposta – Prof. Eugênio Koprowski
Prof. Eugenio KoprowskiEmbora o agachamento livre com barra seja “O” exercício do treinamento de força, considerado sem substitutos, outros movimentos similares podem ser úteis e produtivos, notadamente no treinamento de não atletas.

Por outro lado, não se imagina atletas de força em particular não realizando agachamentos livres como principal exercício do seu programa.

O original “Hack Lift”, Agachamento livre com a barra atrás, é um exercício poderoso, mas na sua versão realizada em aparelhos, nem tanto. Pelo fato de ser guiado, os músculos estabilizadores e posturais “funcionais” (abdominais, glúteos, lombares) são pouco solicitados, embora o quadríceps da coxa trabalhe profundamente. É considerado um bom exercício complementar.

Os aparelhos com barras guiadas “Smith Machine” permitem realizar inúmeros exercícios para diferentes partes do corpo, entre eles o agachamento. Exercícios feitos neste equipamento são muito seguros, porque impedem oscilações do corpo e das articulações, isto é excelente para iniciantes, na presença de alguma lesão, ou quando se pretende isolar o trabalho muscular. Como no “Hack” em aparelhos, os músculos “posturais” atuam pouco, pois estão “estabilizados” pelas guias, mas o trabalho muscular da coxa é excelente.