“Caro Mestre Eugênio Koprowski, Fazendo uma comparação entre a Barra Fixa e a Puxada Alta: O peso próprio, na Barra Fixa, normalmente proporciona ao exercício boa intensidade, mas trabalha por completo a musculatura das costas? Estimula intensamente o Latíssimo Dorso? Como a pegada é mais ampla, e as mãos não descem tanto como na puxada alta, a solicitação muscular é muito diferente? Como o tronco não está inclinado, como na puxada alta, pode haver desconforto articular nos ombros? Muito grato.” – Dirceu Garcia

 

Resposta: Prof. Eugênio Koprowski
Prof. Eugenio KoprowskiOlá Dirceu,

Desconforto articular pode ser sentido em diferentes exercícios e pegadas, depende de cada pessoa.

Normalmente pegadas mais abertas quando o exercício é feito levando a barra por trás da cabeça trazem mais conforto articular no ombro, conferindo mais ênfase nos dorsais, redondos e infra espinhais, além dos flexores do cotovelo.

Quando a barra é levada à frente da cabeça, os dorsais e rombóides são mais enfatizados e a pegada na barra costuma ser mais fechada.

A intensidade não é conferida pela carga, mas sim pela solicitação muscular, pesos menores podem conferir mais intensidade do que pesos mais elevados com a utilização de impulsos e movimentos rápidos..

abração.
Eugênio Koprowski