Parte II – Condutas na Sala de Musculação

Se você não leu a primeira parte dessa série, leia aqui – Segurança no treino – Como evitar lesões e acidentes na academia

Você está em um ambiente com ferros sendo manipulados em grandes quantidades de peso. Não subestime o improvável, porque tudo que pode parecer impossível para você… é possível.




Esteja sempre atento!

Imagine uma barra de agachamento sendo erguida. Ainda que a barra esteja sem peso algum, tem grande poder de lesão caso bata em seu rosto.

Dependendo do piso, halteres quicam, mesmo os mais pesados. Caso alguém os largue no momento em que você esteja transitando muito próximo, o peso pode vir a fraturar o seu pé. Acredite, mas algumas pessoas simplesmente têm preguiça de pôr presilhas em barras para fazer exercícios de bíceps e tríceps…

Uma mera “anilhazinha” de 1Kg pode machucar bastante quando cai em alguma parte do corpo mais sensível! Portanto, evite transitar muito perto de pessoas se exercitando com pesos livres.

 

Segurança no treino - Como evitar lesões na academia - academia lotada

Posicione-se corretamente! E seja paciente…

Todas as academias reservam uma área exclusiva para que as pessoas realizem exercícios com pesos livres. Logo, não há a menor necessidade de você pôr seu colchonete para realizar um glúteo 4 apoios, debaixo do banco de supino enquanto alguém faz o exercício. Pior ainda se a pessoa não estiver usando presilhas na barra – o que é correto no caso do supino, em termos de segurança (trataremos deste assunto mais abaixo!).

Mesmo na área de pesos livres, evite se posicionar muito próximo de outras pessoas; procure se exercitar em uma distância segura do outro. Sempre há o risco de uma anilha poder cair ou um halter ser arremessado mais longe e isso pode vir a ferir até o seu rosto, caso esteja realizando um exercício no solo ou mesmo em um banco baixo.

Caso perceba que a área dos pesos livres está muito cheia para que você se coloque em segurança, vale a pena esperar um pouco. Por fim, nunca tente “economizar tempo” se posicionando de forma arriscada no salão. Fazer seus abdominais colado na gaiola de agachamento porque está revezando o hack é bastante arriscado para ganhar apenas 2 ou 3 minutos do tempo total de treino!

 

Segurança no treino - Como evitar lesões na academia - presilhas

Presilhas: Para que servem? Onde usá-las? Como usá-las? Quando usá-las?

As presilhas devem se ajustar à barra de forma a não permitir que as anilhas se movimentem quando ela é manuseada, no padrão de movimento do exercício que será executado. O ideal é que as anilhas nem se movimentem em pequenos desvios deste movimento.

Com as presilhas a regra geral é a seguinte: se o exercício é realizado de pé, use-as; caso seja realizado deitado, não use. Durante a execução de um supino pesado, por exemplo, caso o levantador esteja treinando sozinho e não consiga erguer a carga, é importante que a barra esteja sem presilhas para que ele consiga aliviar o peso deixando que as anilhas caiam de um lado.

Neste caso, não usar presilhas é uma questão de salvar a vida! Porém, é importante que se tenha bom senso com a informação.

 

No caso de executar o tríceps testa ou pullover, a depender do tipo de barra e da furação da anilha, pode ser que alguma escape e venha a atingir seu próprio rosto. Neste caso as presilhas podem ser importantes, mas, como são exercícios realizados, geralmente, com cargas controláveis, tente não arremessar a barra de qualquer jeito quando sua força ou fadiga der sinal de sair do controle.

Com as presilhas a regra geral é a seguinte: se o exercício é realizado de pé, use-as; caso seja realizado deitado, não use.

Por fim, se a sua academia não dispõe de presilhas seguras, tente trabalhar sempre com cargas controláveis. Lá, certamente, não será o ambiente adequado para realizar treinos de força pura ou testar PRs (Recordes Pessoais)…

 

 

Segurança no treino - Como evitar lesões na academia - parceiro

Gosta de pegar pesado? Arrume um parceiro de treino insano!

Um parceiro de treino te dá segurança para erguer cargas pesadas… Afinal, sabemos que ele está ali para nos salvar! Porém, é importante que a dupla domine as posturas corretas para agir como Spotting (ato de apoiar outra pessoa durante um exercício) na hora da emergência.

Existe a maneira correta de acompanhar a descida do agachamento, a forma correta de segurar a barra supino a fim de puxá-la de volta com máxima eficiência e menos riscos para ambos os levantadores, uma postura ideal para suportar o leg press, etc.

Quem treina muito pesado com um partner tem que estar com essas condutas de segurança mais do que internalizadas, para não ser pego no susto quando o problema acontecer – e deixar o parceiro na mão!

 

 

Evite aparelhos com gambiarra

Não importa o ginásio em que você esteja. Por mais humilde que seja, ele deve ser seguro. Para tal, a manutenção das máquinas tem que, obrigatoriamente, estar em dia.

Não há qualquer desculpa para negligências. Nada justifica cabos emendados com fita isolante ou silvertape, corrosões, arames expostos, bancos esburacados, pregos ou parafusos soltos e expostos, etc. Fique atento também se há fios de eletricidade em condições impróprias expostos e às condições de higiene geral da sala, de espumas dos aparelhos e dos banheiros. Afinal, há outros riscos de saúde envolvidos além das lesões. Ser Old School não significa deixar de ter cuidados básicos com limpeza e segurança.

Caso não esteja sendo respeitado enquanto consumidor de um serviço e, principalmente, como ser humano, não hesite em buscar um local que preze pelo que é mais importante: a sua saúde. Afinal, academias foram criadas para melhorá-la, não para colocá-la em risco.

Nota da redatora: TODOS os exemplos citados ao longo do texto foram situações reais, vivenciadas por mim, durante meus anos de prática profissional.

PARTE 3:  Segurança no treino – Como evitar lesões e acidentes na academia Parte 3

Neurocientista pela FMUSP e Coordenadora de grupos de treinamento, Professora e Coach. Pesquisadora e redatora na área; Atleta amadora de Powerlifting e Crossfit – CREF 139499-G/SP – [email protected]