Embora os esportes de força e a mãe de todos eles, a musculação, estejam entre as atividades físicas mais seguras que existem, sempre existirá um risco de lesão quando praticamos exercícios. Mas, é sempre importante lembrar que o inseguro para a sua saúde é não treinar!

Parte III – Equipamentos de Treino: Você Sabe Usá-los Corretamente?

Se você não leu a primeira parte dessa série, leia aqui – Segurança no treino – Como evitar lesões na academia

 

O famoso cinturão: você está usando corretamente?

Primeiro, é necessário deixar claro como age o cinto: ele deve exercer pressão intra-abdominal, a fim de reduzir as forças compressivas na coluna para gerar a tão desejada estabilidade na mesma. Portanto, é necessário que o cinto esteja APERTADO. Ele não precisa te sufocar ou machucar, mas seu uso correto, durante os levantamentos, é desconfortável.

Segurança no treino - cinturão

Portanto, se você está desfilando seu cinturão lindo e personalizado durante todo o treino, inclusive socializando, batendo papo e fazendo selfies com os amigos (depois do treino, espero!) sem sequer afrouxá-lo; bem, tudo indica que você está usando ele errado.

A mais, este equipamento deve ser usado para levantamentos com cargas, no mínimo, acima de 80% e JAMAIS deve ser usado para compensar uma técnica ruim. Primeiro, aprenda a ativar o seu abdominal corretamente, depois pense em aumento de performance!

 

Não transforme suas munhequeiras em enfeites!

As faixas de punho, ou munhequeiras, devem oferecer suporte para casos onde possa haver risco de HIPEREXTENSÃO da articulação do punho, geralmente em movimentos de empurrar (press) e com cargas acima da cabeça (overhead). Para tal, devem estar bem firmes e apertadas, posicionadas EM CIMA da articulação, criando uma resistência à extensão completa do punho. Caso contrário, será só enfeite!

Segurança no treino - faixa de punho

As faixas de punho jamais devem mascarar falta de mobilidade ou lesão pré-existente. Nestes casos, deve-se cuidar do problema primeiro. Já durante exercícios de fortalecimento de antebraço, não há nenhuma justificativa para o uso deste equipamento.

 

Calçados adequados fazem diferença. Qual o melhor tênis para musculação?

Infelizmente, o mais comum é vermos nas salas de musculação os modelos mais modernos de tênis de… corrida! Para pessoas que estão em reabilitação ou treinam majoritariamente em aparelhos, isso não faz tanta diferença. Mas, para quem busca performance ou simplesmente gosta de treinar fazendo mais uso de pesos livres, o ideal são calçados que deem estabilidade de tornozelo.

Os amortecedores dos tênis de corrida absorvem impactos e facilitam a propulsão da sucessão de saltos que é este esporte. Em contrapartida, costumam ser altos e macios, deixando aquela articulação instável.

Segurança no treino - tenis sapatos para cademia

O ideal para os levantamentos é que seus tornozelos estejam livres para se movimentar, porém estáveis, ou seja, seus pés estejam firmes no chão. Para tal, os tênis de solados simples, retos, que te dão a impressão de estar descalço, são os mais indicados.

Há praticantes que preferem usar tênis estilo botas ou até mesmo coturnos nos levantamentos mais pesados. Não há nada de errado, desde que os cadarços estejam frouxos o suficiente para que seus tornozelos se movimentem em toda a amplitude da articulação.

 

Faixas de joelhos e joelheiras não são para resolver dor!

Dores nos joelhos podem ser indicativas de diversas situações: apenas muitas horas na mesma posição, condropatia patelar, artrose, entre outras possibilidades. Seja qual for o problema, este deve ser adequadamente tratado.

As faixas de joelho utilizadas por atletas de alto rendimento em levantamentos de peso, nada têm a ver com proteção da articulação mas sim com usar a energia elástica da própria faixa, a fim de ajudar a erguer cargas máximas. Além disso, são específicas para este fim, não ataduras ou elásticos genéricos.

Segurança no treino - faixa de joelho

Segurança no treino - joelheira

Já as joelheiras usadas pelos atletas de CrossFit, são específicas para proteger as pernas de arranhões profundos e amortecer impactos ao tocar o joelho no solo em exercícios específicos, como Walking Lunges ou subidas em cordas. Para o praticante comum de musculação, estes equipamentos têm pouca ou, na maioria dos casos, nenhuma utilidade.

 

Luvas de academia devem ser do tamanho adequado

As luvas de treino costumam ser utilizadas por quem quer evitar calos nas mãos e não costumam gerar problemas. Porém, nunca é demais lembrar que devem ser do tamanho adequado às mãos de cada praticante, seu uso deve ser individual e que necessitam ser higienizadas regularmente.

Segurança no treino - calos nas mãosSegurança no treino - luvas de academia

 

Nota da redatora: TODOS os exemplos citados ao longo do texto foram situações reais, vivenciadas por mim, durante meus anos de prática profissional.

Neurocientista pela FMUSP e Coordenadora de grupos de treinamento, Professora e Coach. Pesquisadora e redatora na área; Atleta amadora de Powerlifting e Crossfit – CREF 139499-G/SP – [email protected]